FM SOLUÇÕES - (31) 3761-3490
Seja bem vindo ao Fórum FM Soluções!!

Aqui você poderá postar suas dúvidas, experiências e ainda baixar e postar roteiros e tutoriais não oficiais sobre os módulos da RM Sistemas.

E ainda, conhecer um pouco sobre os nossos produtos e serviços!!!
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Relatorio Rm reports / Holerite salario
Ter 18 Out 2016 - 8:09 por Gárgio

» DEFAULT NO CADASTRO DE FUNCIONARIOS RM LABORE
Sex 7 Out 2016 - 21:51 por mpsbrasilia

» Duvida RM Labore - Calculo Folha de Pagamento
Seg 12 Set 2016 - 15:51 por RIVALDO PAES

» Exportar Imagem do banco de dados SQL SERVER
Qui 28 Jul 2016 - 11:42 por edivan

» Consulta SQL
Qui 10 Set 2015 - 11:32 por evertonerp

» Existe Algum Demo do RM Labore???
Sex 17 Abr 2015 - 11:53 por fmsolucoes

» RM BIBLIOS
Seg 16 Fev 2015 - 7:50 por fmsolucoes

» Identificação do Tipo de Renegociação de Aditivo (SGI)
Ter 26 Ago 2014 - 9:13 por VM Simoes

» Conexão com o banco de dados.
Seg 4 Ago 2014 - 20:44 por Juscelio

Galeria


Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Parceiros & Clientes FM Soluções

Proclamação da República

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Proclamação da República

Mensagem por fmsolucoes em Sab 5 Jun 2010 - 20:33

A partir de 15 de Julho de 1799, o Príncipe do Brasil, D. João, tornou-se Príncipe Regente de Portugal. Os acontecimentos na Europa, onde Napoleão Bonaparte se afirmava, sucederam-se com velocidade crescente.

Desde 1801 que se considerava a idéia da transferência da Corte Portuguesa para o Brasil. As facções no governo português, entretanto, se dividiam:

* a facção anglófila, partidária de uma política de preservação do Império Colonial Português e do próprio Reino, através do mar, apoiados na antiga aliança Luso-Britânica; e
* a facção francófila, que considerava que a neutralidade só poderia ser obtida através de uma política de aproximação com a França.

Ambas eram apoiadas pelas lojas maçônicas quer de origem inglesa, quer de origem francesa. Considere-se ainda que as idéias iluministas francesas circulavam clandestinamente em livros, cada vez mais abundantes.

A decretação do Bloqueio Continental em Berlim (1806) tornou mais difícil a neutralidade Portuguesa. Em 1807, o Tratado de Fontainebleau dividiu arbitráriamente Portugal em três reinos. Desde Outubro desse ano, Jean-Andoche Junot, antigo embaixador francês em Lisboa, preparava-se para invadir Portugal. Foi nesse contexto que D. João pactuou com a Grã-Bretanha a transferência do governo para o Rio de Janeiro, sob a protecção dos últimos.

Com a invasão francesa de Portugal em progresso, a 29 de Novembro iniciou-se a viagem da Família Real e da Corte Portuguesa para o Brasil. Dezoito navios de guerra portugueses e treze ingleses escoltaram mais de vinte e cinco navios mercantes de Lisboa até à costa do Brasil. A bordo seguiam mais de quinze mil portugueses. O Reino ficava a ser governado por uma Junta de Regência que Junot logo dissolveu.

Com a presença da Família Real Portuguesa no Brasil a partir de 1808, registrou-se o que alguns historiadores brasileiros denominam de "inversão metropolitana", ou seja, o aparelho de Estado Português passou a operar a partir do Brasil, que desse modo deixou de ser uma "colônia" e assumiu efetivamente as funções de metrópole.

O passo seguinte, que conduziu à independência do Brasil, ocorreu com a eclosão da Revolução liberal do Porto (24 de agosto de 1820), que impôs o regresso de D. João VI a seu país, visando forçar o retorno do chamado Pacto Colonial. A notícia do movimento chegou ao Rio de Janeiro em 12 de outubro, causando intensa comoção.

fmsolucoes
Admin

Mensagens : 292
Pontos : 612
Data de inscrição : 17/07/2009
Idade : 38
Localização : Conselheiro Lafaiete

Ver perfil do usuário http://www.fmsolucoeserp.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum